Golb — Все карты мира
Golb

Golb

Download (SoundCloud): http://migre.me/mdeUD
Download (Palcomp3): http://migre.me/mdeR7
LETRA:

Dando porrada no oponente, no campo morra ou mate
(Gladiador da velha escola sempre pronto pro ataque)
Na caverna eu me transformo no estilo old school
No levantamento terra some a vista e o céu azul

A psicose tá alta, e o cortisol só aumenta.
A noite é fria, passos curtos, andando em câmera lenta.
Eu tô mais frio depois que fui no inferno
Matei demônios entre humanos e frangos entre o inverno

(Mas) Deixa eu voltar pra academia, que lá que é meu lugar
Sento no banco fecho a cara e dou tempo pra respirar
Cê quer conversar? então senta do lado.
Com a barra dentro a nuca, tu conversa com o diabo

Eu treino calado, concentrado no meu treino
Pego pesado e só, não quero papo então vai vendo
Eu treinando, então se inspira. Não é marra de criança
Tô na fábrica há uns anos e conheço essa dança

Os alters fazem um som que montam uma orquestra
Na fábrica de monstro os gritos assuntam os felas
Eu faço o que eu gosto, e seu eu morrer eu morro bem
Dou sempre o meu melhor… Get big or die trying

O meu time tá pesado, só tem irmão de ferro.
Dou um pump na ‘Califa’ e sigo com meu off eterno
Ficar monstro é o que eu quero, então não enche o saco
Temperamento fervendo, mais quente que meu estado

Eu sigo calado, fechado, por várias ruas
Com veias dilatadas e a adrenalina na altura
Pensando no meu treino, e no tempo que eu levei
Quanto tempo demorei, no templo e no quanto eu mudei

Na minha rotina, na oração, no ritual
Me aproximo a cada passo da seleção natural
Onde a fraquesa não é bem vinda e a dor prevalece
Onde esforço é preciso e o milagre acontece

Então chego onde eu quero. Passo na catraca
O corpo reconhece o ambiente, a mente não falha
Inicio mais um treino, vou no meu limite
Não ligo pra ninguém, fecho a cara e sigo em frente

Finalizo uma série, pra respirar eu dou uma pausa
Enquanto eu descanço, não falo. Essa minha cláusula

Fecho mais um treino, vou pra casa exauto
Ando mais 13 quadras não importa o quão eu tô cansado
Quando é dia de perna, imagina a merda que dá
Vou cambaleando, enganando a mente pra chegar

Chego em casa enfim, preparo a minha comida
Faço minha refeição, a última do dia
Bora que agora é crescimento, hora do sono anabólico
Amanhã tem mais dieta e treino insano, lógico.
*Old School Меньше



Source: www.youtube.com


Добавить комментарий